Da intenção à acção!


Sabemos que a intenção tem o poder de fazer perdurar aquilo que mais queremos, é o que, à partida, nos move, nos faz correr atrás. Mas também sabemos que é preciso unir esse pensamento, essa vontade de o fazer, à acção.

Se uma ideia te desafia a criares algo ou a dar início a um projeto, não podes ter a arrogância de a colocar de lado, em “stand by” à espera de teres um espaço na tua agenda (forçosamente) ocupada. Sob pena de essa mesma ideia se ir embora... sob pena de surgir na cabeça de alguém mais interessado, mais entusiasmado, ou, pelo menos, alguém que a agarrou e avançou. E avançar não tem que significar dar um passo gigante. Significa apenas fazer algo que ainda não se fez anteriormente. Uma ideia é um convite ao amor, à co-criação.


Isto quer dizer que devemos agarrar todas as ideias que nos aparecem?

Não, claro que não. Elas merecem ser escutadas, ponderadas, sentidas. Tal como gostávamos que o fizessem connosco. E depois disso, certamente, terás uma resposta, quer seja positiva ou negativa, que te faça avançar ou não com essa ideia para a frente.

A resposta está sempre em ti, poderás é, ás vezes, não lhe dar tempo para surgir, porque também não te deste tempo para pensar.

Nós acreditamos loucamente nas ideias. Acreditamos que são entidades altamente inteligentes, que surgem de acordo com o potencial da pessoa. Por isso, se tiveste essa grande ideia, é porque és a pessoa certa!

Então, que (primeiros) passos podemos dar para colocarmos esta nossa ideia em acção?

#1 Assume este namoro, entre ti e a ideia

Sente-te honrada(o) pela escolha e assume este namoro que aqui começa, entre ti e a ideia. O fato de o oficializares, de partilhares com alguém, ou mesmo só de tomares consciência desta relação, aumenta o teu grau de compromisso.

#2 Transforma essa ideia num outro nível de intenção

Já não é mais uma coisa que te passou pela cabeça, ou que cruzou o teu pensamento. É um desejo forte que tens de co-criação. É a confirmação e responsabilização do compromisso. O compromisso de levar a cabo as devidas ações para o plano físico, para a materialização, dessa ideia.

#3 Dá-lhe um espaço próprio

Cria um espaço na tua mente e na tua vida para esta ideia. Um espaço próprio para tudo aquilo que te servirá para a tornares no que realmente queres. Dá-lhe um nome, dá-lhe uma forma, dá-lhe uma cor. Dá-lhe o que sentes que para ti faz sentido, que para ti seja claro.

#4 Dá-lhe uma agenda

Dá-lhe um tempo, no tempo. Dá-lhe um calendário, dá-lhe recursos, dá-lhe atenção! Aqui, compromete-te na ação e na consistência. Na gestão do teu entusiasmo. Começa aqui o teu verdadeiro investimento.

#5 E sente-te novamente honrada(o)!

Não é todos os dias que temos a sorte de ser escolhidos para algo tão especial!

Começa hoje a por as tuas intenções em acção. Começa hoje a investir nas tuas ideias, a investir em ti. Pois é, certamente, o melhor investimento que podes fazer na vida!

Um dia inspirador,

EUS School of Being



1 visualização

Para estares sempre actualizado...

  • Instagram
  • Facebook
  • Black LinkedIn Icon