Para alinhares uma vida à tua medida, tens de conhecer as tuas medidas

Esta semana numa sessão, um cliente dizia-nos: “Vocês são a minha última esperança. Já fiz de tudo, e comigo nada resulta !”.


Este é o lugar dos curiosos. Também já lá estivemos. Queres conhecer, experimentar, estás deslumbrado com o mundo do Desenvolvimento Pessoal.

Já compraste não sei quantos livros de auto-ajuda, já ouviste os melhores podcasts, e até já foste a consultas daquelas mais esquisitas que não contas numa mesa aberta porque vai despoletar a eterna conversa que te vai acabar a fazer-te sentir um “outsider”! Sim, estou de acordo não precisamos mais disso.





E o tema é que apesar de todos estes esforços, na realidade pouca coisa muda !

Pior, ficas-te a sentir um outsider aqui também, porque sentes que todas estas pessoas que segues e ouves têm todas uma vida muito melhor do que a tua. E que tu, mesmo que te vires ao contrário, não vais lá chegar.


E o que te estamos hoje aqui para dizer é que tudo isso tem uma raíz comum: a raíz de se partir direto para a meta, sem se fazer o caminho; de se fazerem planos, sem se terem experiências; sem se fazer um profundo trabalho de autoconhecimento.

E é isso que não pode acontecer.


Não é à toa, que todos os nossos cursos, programas, sessões individuais começam por aí. Quem és tu ! Ao nível mais profundo e subtil, mais honesto...connosco não tens de ter não sei quantas graduações, para poderes iniciar o teu caminho. Porque no final do dia, é aqui que reside a chave do teu sucesso. No alinhamento contigo próprio.


Quando perdes tempo a explorar com honestidade a tua verdade, ganhas alicerces que te vão funcionar como as tuas fundações. Partir directo para o desenho de cenários de mudança de vida, só vai criar medos, dúvidas e resistências. Porque quando sabes o que está certo para ti, sentes uma ressonância natural e as coisas fluem. Quando te pões a fazer projecções baseadas unicamente na mente, corres o risco de não conseguir fazer avançar nada.


Enquanto não criares intimidade contigo próprio, enquanto não te conheceres bem a fundo - a tua luz e as tuas sombras; todos os conselhos que recebes tendem a cair em saco roto. Porque não têm uma sequência, uma adesão, uma identificação contigo e com a tua realidade.


E é exactamente essa a razão porque para nós, o auto-conhecimento profundo é o primeiro passo para a construção de uma vida alinhada.

Porque:

. Precisas de saber o que te faz feliz, senão nunca vais poder beneficiar deste ingrediente na tua vida;

. Precisas de saber como gerar entusiasmo, senão todos os teus projectos vão ficar pelo caminho;

. Precisas de conhecer os teus dons e convidá-los para jantar; senão vais eternamente achar que não tens nada para entregar ao mundo;

. Precisas de saber o que faz de ti uma pessoa única ! E gritar de forma orgulhosa essa mensagem.

. Precisas de conhecer os teus medos mais profundos; para que não continues a achar que há sítios na tua vida que não vais querer entrar;

. Precisas de conhecer as matrizes de “apequenamento” que tens activas dentro de ti; senão nunca vais conseguir crescer para o mundo; e por aí fora.


Só depois estás em condições de, na maior das verdades e em amor por ti, alinhar a tua vida neste sentido.

Primeiro tens de saber com o que é que contas em termos de ti, para depois te apaixonares (isto é suuuuppeeeer importante !) e queres então moldar toda a tua vida, ao teu melhor reflexo.

Faz sentido?


Um abraço apertado e um desejo que estas palavras te levem a alguma acção.



21 visualizações

Para estares sempre actualizado...

  • Instagram
  • Facebook
  • Black LinkedIn Icon